Favor utilizar outro navegador

Parece que você está usando um navegador que não é totalmente compatível. Por favor, note que podem haver restrições na exibição do site e em sua usabilidade. Para uma melhor experiência, sugerimos que você faça o download da versão mais recente de um navegador compatível:

Internet Explorer, Chrome Browser, Firefox Browser, Safari Browser

continuar com o navegador atual

Mais energia com a mesma quantidade de combustível

 

Maximizar a geração de energia nos períodos de safra e entressafra, em usinas de açúcar e álcool, é possível: com tecnologia de ponta e ciclo regenerativo.

 

Geração de energia a partir de biomassa

A maior turbina do setor sucroalcooleiro do Brasil

As usinas de açúcar e etanol geram energia a partir do bagaço ou da palha da cana há muitos anos. Recentemente, novas tecnologias em turbinas a vapor estão aperfeiçoando drasticamente essa atividade e aumentando sua lucratividade.

image

Energia para usar e vender

O Grupo Delta Sucroenergia, que opera três usinas em Minas Gerais, estava diante da necessidade de modernizar seu processo de geração de energia e, para isso, buscou soluções no mercado. Atuando na área de produção de açúcar e etanol, a empresa pretendia aumentar a energia gerada a partir da biomassa derivada da cana de açúcar, garantindo energia para próprio o consumo além de comercializar o excedente para o Sistema Interligado Nacional, aumentando a receita da empresa.

 

A empresa percebeu que tão importante quanto receber propostas para a implantação de novas soluções, são a necessidade e os benefícios de contar com uma análise prévia do balanço termodinâmico de massa e energia. Foco: garantir a confiabilidade e o desempenho do equipamento, para atingir os objetivos do cliente. A perspectiva que se desenhou era de não apenas substituir os equipamentos existentes na usina – duas turbinas que geravam 15 MW de potência cada – como ampliar a capacidade de geração, por meio de uma turbina maior e mais eficiente.

 

A resposta para o desafio da Usina Delta foi a turbina a vapor SST600, modelo com desempenho reconhecido no Brasil e no mundo, tornando o projeto um caso pioneiro, em dois importantes aspectos. O primeiro deles: a turbina da Usina Delta é a primeira do setor acoplada diretamente ao gerador, ocasionando ampliada segurança operacional e maior eficiência energética. O segundo: um layout inovador para a instalação do conjunto, em ambiente externo, reduzindo de forma significativa os gastos com obras civis.

 

A nova turbina permitirá a Usina Delta gerar mais de 376 mil MWh/ano, quantidade de energia suficiente para abastecer uma cidade como São Bernardo do Campo, que tem 740 mil habitantes e está localizada na região metropolitana de São Paulo, a maior cidade do Brasil.

 

É, também, a maior turbina do setor sucroalcooleiro do Brasil. Com potência de 73,5MW, a usina não apenas atende plenamente a demanda para os processos internos, como exporta em torno de 56MW para a rede externa.

 

Com o alto nível tecnológico da turbina, o Grupo Delta Sucroenergia garantiu forte redução de custos no longo prazo, pois o equipamento não irá requerer manutenção por um período de pelo menos cinco anos.

A Siemens é uma empresa altamente qualificada em geração de energia e a turbina, além de gerar mais energia com a mesma quantidade de vapor, possui knowhow comprovado internacionalmente. Então fiquei tranquilo pelo equipamento ser assinado e fabricado pela Siemens

Roberto Lyra, presidente do Grupo Delta Sucroenergia



Infográfico

Usina Delta

Nova estrutura garante mais capacidade de geração e energia.

Potência Gerada

Antes

20

MWh

Depois

68

MWh
Potência Exportada

Antes

6

MWh

Depois

50

MWh

Crescimento de0%

Turbina a vapor SST600
Ligue a turbina
Arraste o botão até o final

Consumo interno + exportação de energia

Equivalente ao consumo de uma cidade como São Bernardo do Campo (SP), com 740 mil habitantes

0,0

=

São Bernardo do Campo

Siemens SST-600: Altamente versátil

Nível tecnológico superior e atenção aos detalhes

Arraste e veja a turbina SST-600 em detalhes

Tecnologia inovadora

Equipamento com acionamento direto

Acionamento direto

Maior investimento na turbina
Gerador com maior investimento
Menor manutenção (custo OpEx)

Acionamento direto

Acionamento com redutor

Preço reduzido da turbina
Gerador com menor investimento
Maior manutenção (custo OpEx)

Acionamento com redutor

Portfólio de turbinas

Energias convencionais

A geração de energia elétrica pode ser feita através de diversas fontes de energia, sendo que na maioria das vezes um equipamento rotativo aciona um gerador elétrico. A Siemens possui em sua linha de produtos, equipamentos rotativos para estes acionamentos.